• Leia mais notícias de ESPORTES
Três dias antes da morte, Henzel tinha prometido narrar volta de Neto
Adicionada: 27/03/2019
 



Outro sobrevivente na tragédia, zagueiro retomou o trabalho com bola na última semana, e jornalista tinha se comprometido a cobrir o retorno



m comum, Rafael Henzel e Neto eram dois dos sobreviventes da tragédia aérea da Chapecoense, ocorrida em novembro de 2016. Um jornalista, outro jogador. Enquanto o narrador voltou aos microfones no ano seguinte à queda do avião, o zagueiro ainda mantém a esperança de retornar aos campos em um jogo oficial. Porém, na noite de terça-feira, o destino dos dois, antes tão próximo, foi separado. Henzel sofreu um infarto enquanto jogava futebol e morreu em Chapecó.

 

Três dias antes do falecimento, o jornalista de 45 anos reforçou uma promessa feita ao atleta: participaria da narração da primeira partida do zagueiro no retorno ao futebol profissional. Como o próprio Henzel publicou no Instagram, "nem que fosse na China".

 

"Olha a alegria do Neto. Voltou a treinar com bola novamente na Chapecoense. Já fez três cirurgias, mas e daí? Guerreiro não foge da luta. E a promessa segue firme. Vou narrar seu primeiro jogo, nem que seja na China", escreveu.

 

Agora sem a narração de Henzel, o retorno de Neto está mais perto. Na última sexta, ele esteve no CT da Água Amarela e passou pelo famoso batismo do jogadores de futebol. No corredor polonês, recebeu "camisetadas" dos companheiros.

 

Em campo, fez trabalho à parte, mas já com o uso da bola. Trocou passes, correu e voltou a ter contato com a rotina de um jogador (sem DM, sem fisioterapia e sem lesão).

 

O retorno de Neto aos treinos é um novo passo após a realização da terceira cirurgia no joelho. Ainda sem data marcada, o primeiro jogo não terá a narração de Rafael Henzel. Agora ele fará parte da plateia e terá a companhia das 71 vítimas da tragédia na Colômbia.



Fonte: Globo Esporte - Foto: Reuters
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.