• Leia mais notícias de GERAIS
Gargalos na infraestrutura do Oeste são pautados em reunião de Empresários e parlamentares
Adicionada: 20/03/2019
 



A iniciativa faz parte do calendário de ações do programa Voz Única que levantou as principais necessidades de cada região catarinense



Na sexta-feira (15), no Condomínio Cesec, em Chapecó, entidades representativas da classe empresarial participaram de um encontro com a vice-governadora, Daniela Reihner, e parlamentares estaduais e federais. O evento, chamado de Reunião Plenária Regional, foi encabeçado pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e teve o apoio da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic). A iniciativa faz parte do calendário de ações do programa Voz Única que levantou as principais necessidades de cada região catarinense. 

 

Para o presidente da Facisc, Jonny Zulauf, foi uma reunião histórica em razão da presença de elevado número de parlamentares e empresários. Segundo ele, é através de ações coordenadas entre poder público e a iniciativa privada que será possível atender as reivindicações de cada região.

 

A vice-governadora, Daniela Reihner, disse que é necessário se inspirar no cooperativismo para buscar soluções para obras e serviços. Observou que a região sofre abandono há décadas. Justificando que o novo governo assumiu há pouco mais de 60 dias, ela disse que ainda não há solução para todos os problemas. 

 

Para o presidente da Associação Empresarial de São Lourenço do Oeste (Acislo), Marcio Nierotka, o evento poderia ter sido mais produtivo, com encaminhamentos concretos. Contrariando a afirmação da vice-governadora e dos parlamentares – que não há caixa no Estado para os investimentos pleiteados –, Nierotka, ao usar a palavra, disse que o governo precisa fazer como os empresários. “Quando nós [empresários] passamos pela crise, nos reinventamos e cortamos despesas. Foi assim que passamos por aquele momento de dificuldade”, desabafou.  Na avaliação do presidente, as entidades perderam a oportunidade de sair do evento com definições. “A gente sabe que o Estado não tem dinheiro. Queríamos saber qual é a solução para cada problema”, cobrou.

 

No final da reunião Nierotka entregou um ofício a vice-governadora com os principais pleitos da região. Entre eles, destaque para o Contorno Viário Leste, manutenção da SC-157, revitalização da SC-305 e investimento na subestação de energia em São Lourenço do Oeste. Os diretores Cleodir Bertochi e Kalu Lessa também participaram do evento. 

 

 

Gargalos 

 

Os maiores gargalos ao desenvolvimento regional estão nas rodovias federais e estaduais. As urgências são revitalizar e implantar a terceira faixa na SC-283 (entre Concórdia e Itapiranga) e na BR-282 (trecho de São Miguel do Oeste ao entroncamento com a BR-470); melhoria da SC-157 (trecho São Lourenço do Oeste a Chapecó) e da BR-163 (trecho de Dionísio Cerqueira a São Miguel do Oeste); federalizar o trecho São Miguel do Oeste a Itapiranga e revitalizar a SC-161 de Campo Erê/Palma Sola a divisa com o Paraná e SC-305, Guaraciaba a São Lourenço do Oeste e os acessos de São José do Cedro e Princesa. Outras obras são a revitalização das rodovias SC-386 (de Iporã do Oeste a Palmitos) e a BR-158 (ponte do Rio Uruguai em Iraí/RS até o entroncamento na BR-282 em Maravilha).

 

Além das rodovias, as entidades reivindicaram investimentos no sistema de fornecimento de energia elétrica (é preciso ampliar e modernizar as linhas de transmissão elétrica para suportar novas demandas de energia) e o abastecimento de água. Na avaliação geral de empresários e parlamentares, o sistema rodoviário está deteriorado, as deficiências no fornecimento de energia elétrica comprometem a expansão industrial e, ao mesmo tempo, afetam milhares de propriedades rurais e o sistema de água requer urgente atenção.

 

Ao final do encontro ficou definida a formação de equipes multidisciplinares de mútuo apoio para trabalhar na busca de soluções para a região. Foram formados grupos de parlamentares, empresários e entidades empresariais para postular e acompanhar o desenrolar de cada obra ou serviço reivindicado.

 

 

Participação

 

Participaram do encontro os deputados federais Celso Maldaner, Caroline de Toni e Pedro Uczai e os deputados estaduais que integram a “Bancada do Oeste” Nilso Berlanda, Fabiano da Luz, Maurício Eskudlark, Padre Pedro Baldissera, Marcos Vieira, Romildo Titon, Luciane Carminatti, Altair Silva, Marlene Fengler, Mauro de Nadal, Moacir Sopelsa e Jair Miotto.



Fonte: Ascom Acislo | Foto: Ascom Acislo
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.