Tivi São Lourenço, 20 de janeiro de 2020
Segurança

PM de SC recebe robô para atuar em operações do esquadrão antibomba

Equipamento pode ser controlado a um quilômetro distância e suportar temperaturas extremas.

Por G1/SC

Atualizado em 15/01/2020 | 08:45:00

A Polícia Militar de Santa Catarina recebeu nesta terça-feira (14) o robô Teodor, um reforço no esquadrão antibombas. O equipamento é especializado em operações para identificar e desarmar artefatos explosivos. Ele pode ser controlado a um quilômetro de distância e suportar temperaturas entre -20ºC e 60ºC.

O novo integrante da PM tem olhos precisos, pesa 375 quilos e pode chegar a dois metros de altura. O robô foi doado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública. "O valor dele é R$ 1,1 milhões, é um valor que o estado não teria como adquirir", disse a governadora em exercício, Daniela Reinehr (PSL).

Há cinco robôs como este no país, segundo o secretário Nacional de Segurança Pública em exercício, coronel Freibergue Rubem do Nascimento. "Esse material foi definitivamente transferido como patrimônio pro estado [catarinense] e a nossa intenção é trazer outros policiais do país para serem capacitados aqui também", disse ele.

O robô vai ficar no Batalhão de Operações Especiais (Bope) para ser usado em casos envolvendo explosivos. Ele deve tornar as intervenções ainda mais precisas, de acordo com o comandante da PM catarinense, coronel Carlos Alberto Araújo Gomes.

"Isso aumenta a segurança da equipe, aumenta a segurança do local onde os artefatos são encontrados, torna mais rápida a intervenção", disse o comandante.

Seis policiais militares de Santa Catarina passaram por um treinamento de dois meses e meio para operar o robô, segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública. O equipamento foi montado na Alemanha e é operado por radiofrequência.

Geralmente o material explosivo era retirado com o auxílio de pás e escudos antibalísticos, com riscos ao esquadrão. Mesmo assim, não houve registro de acidentes que resultassem em ferimentos nos policiais, conforme a secretaria.

NOTÍCIAS RELACIONADAS