Tivi São Lourenço, 20 de janeiro de 2020
Segurança

Homem que matou filho em Chapecó enviou áudio para irmã; segundo PM

O fato aconteceu na tarde de terça-feira (14)

Por Clic RDC

Atualizado em 15/01/2020 | 09:24:00

O homem que é suspeito de matar o filho, de dois anos, tentar matar sua mãe, de 63 anos e se matar, teria mandado um áudio em que mencionava o crime para sua irmã, de acordo com a Polícia Militar. Na mensagem, Fernando Prazido disse que tinha feito uma besteira e iria se matar.

O fato aconteceu na tarde de terça-feira (14) e chocou o município de Chapecó. O Comandante da Polícia Militar em Chapecó, tenente-coronel Ricardo Alves, falou sobre o assunto:

“A forma que ele tirou a própria vida foi muito estranha. Não foi com um disparo de arma de fogo, mas foi com uma  facada. Ele se auto lesionou em diversas partes do corpo e teve uma hemorragia.” destacou Alves.

O comandante afirma ainda que o homem não possuía passagens policiais e que, inicialmente, não há nenhuma informação que possa comprometer a conduta dele. O caso é investigado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil.

Após a chegada da polícia, o homem e a criança foram encontrados mortos. Além disso, a mulher foi levada para o HRO (Hospital Regional do Oeste), em Chapecó, em estado grave.

Além das vítimas, a esposa do homem também morava no local. No entanto, ela estava trabalhando no momento do crime.

NOTÍCIAS RELACIONADAS