Tivi São Lourenço, 11 de novembro de 2019
Prefeitura

Governo municipal avança em projeto de modernização da iluminação pública de São Lourenço do Oeste

Rafael Caleffi, prefeito de São Lourenço do Oeste, explica que este crédito financeiro será o primeiro superavitário do município.

Por Prefeitura de São Lourenço do Oeste

Atualizado em 15/10/2019 | 13:37:00

A administração municipal de São Lourenço do Oeste, por meio da Secretaria de Relações Institucionais, realizará projeto para modernização da iluminação pública da cidade e substituição de lâmpadas e luminárias por LED, através de contratação de operação de crédito com a Caixa Econômica Federal, o Programa de Financiamento a Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) Ilumina. O projeto de lei foi aprovado pelos vereadores de São Lourenço do Oeste na sessão de segunda-feira (14).
 
Com a obtenção de crédito financeiro, os benefícios esperados serão de 30% a 60% mais eficiente do que as tecnologias convencionais, gerando uma redução considerável no consumo de energia. As lâmpadas de LED possuem, no mínimo, o dobro da vida útil das lâmpadas com tecnologia convencional, oferecendo reduções importantes nos custos de operação e manutenção, melhor qualidade e uniformidade na iluminação.
 
Rafael Caleffi, prefeito de São Lourenço do Oeste, explica que este crédito financeiro será o primeiro superavitário do município. “O consumo de energia em LED e a manutenção do sistema já será suficiente para pagar a parcela do financiamento”, explica Caleffi. O crédito financeiro poderá ser de até R$ 3 milhões e carência de até 12 meses.
 
Segundo o secretário de Relações Institucionais, Rubens Ricardo Mocellin, o próximo passo será a análise do Sistema de Análise da Dívida Pública, Operações de Crédito e Garantias da União, Estados e Municípios (Sadipem). Em virtude de muitos pedidos no Brasil, explica o secretário, o município tem uma agenda no dia 30 de outubro em Brasília para tratar do assunto. O objetivo é tentar contratar a operação de crédito sem a garantia da União, ou seja, com recursos próprios da Caixa Econômica Federal. “Caso contrário, se for pela União, deverá haver uma alteração na lei, com a troca de garantia e o trâmite de operação, pois a operação pela União é mais morosa, podendo levar até seis meses”, explica.
 
O prefeito de São Lourenço do Oeste diz que, com a operação de crédito confirmada, as melhorias começam em mais de três mil pontos, podendo abranger a zona urbana e os três distritos do interior. “Melhorar a iluminação pública com substituição gradativa dos braços de sustentação e das lâmpadas existentes por lâmpadas de LED já era algo que estava em nosso Plano de Governo e, agora, estamos conseguindo avançar nesse projeto”, finaliza.

NOTÍCIAS RELACIONADAS