• Leia mais notícias de SEGURANÇA
Preso é encontrado morto em cela da cadeia pública de Pato Branco
Adicionada: 09/05/2019
 



O corpo de Celso foi encaminhado ao IML de Pato Branco.



Foi encontrado morto em uma cela da cadeia pública de Pato Branco na noite de quarta-feira (08) o detento Celso João Ramos, 58 anos, conhecido como Marmita, que havia sido preso durante a tarde através de mandado de prisão.

 

Celso havia cometido um crime de homicídio em 04 de julho de 2009, quando matou com cinco tiros a cabeleireira Dariane Gonçalves de Lima, crime ocorrido na Rua Antônio Ascari, bairro Cristo Rei.

 

Ele foi condenado a 21 anos de prisão no regime fechado e havia sido posto em liberdade condicional há alguns meses, porém saiu novo mandado de prisão e ele foi preso novamente e encontrado morto na cela.

 

Na época do crime Celso declarou que foi contratado por uma mulher que foi a mandante e teria lhe oferecido R$ 2.000,00 para matar a cabeleireira, tendo recebido R$ 600,00 adiantado e o restante receberia após completar o serviço.

 

A Polícia Civil apura a causa da morte e as circunstâncias. O corpo de Celso foi encaminhado ao IML de Pato Branco.



Fonte: Pato Branco Alerta - Foto: Reprodução
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.