• Leia mais notícias de GERAIS
Idosa de 82 anos é encontrada com menos de 30 quilos e em condições de maus-tratos em asilo no PR
Adicionada: 03/05/2019
 



Instituição foi interditada a pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR) em Campo Largo, na Região de Curitiba.



Uma idosa de 82 anos foi encontrada debilitada, em más condições de higiene e pesando menos de 30 quilos em um asilo no bairro Rondinha, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba.

 

A Instituição foi interditada judicialmente a pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR), por meio da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca.

 

A idosa também tinha várias feridas pelo corpo, de acordo com os promotores.

 

O MP afirmou que também foram constatadas diversas ilegalidades sanitárias e situações que caracterizam maus-tratos contra as pessoas que eram mantidas na entidade. O local abrigava 11 idosos, entre 64 a 92 anos.

 

Alguns depoimentos de funcionários e ex-colaboradores da instituição foram anexados na ação do MP.

 

Um deles relatou que “no período em que esteve na Instituição não serviram frutas aos idosos e tampouco era servido água. Que os idosos ficavam, praticamente, o dia todo, sem beber água. Que a orientação da administração era para não dar muita comida, para que não se utilizasse muitas fraldas".

 

Os idosos foram recolhidos do local e tiveram suas famílias ou responsáveis comunicados da interdição.

 

 

Problemas estruturais e sanitários

 

A instituição foi notificada diversas vezes, desde 2016, pela Vigilância Sanitária Municipal e pelo Conselho Municipal da Pessoa Idosa de Campo Largo (CMDI) a respeito de problemas estruturais e sanitários.

 

Depois de saber dos maus tratos, a promotoria ajuizou ação civil pública em face da entidade e seus responsáveis. O pedido de interdição foi deferido pela Justiça no dia 30 de abril.

 

No mérito da ação, a promotoria requer o fechamento definitivo da instituição e a proibição dos sócios do lugar de voltarem a abrir estabelecimentos similares.



Fonte: G1/PR - Foto: ANPR
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.