• Leia mais notícias de SAÚDE
Melhoria da saúde: Fundação Hospitalar implanta ginástica laboral para profissionais
Adicionada: 01/04/2019
 



De acordo com Solange, um dos objetivos é promover adaptações fisiológicas, físicas e psíquicas do grupo por meio de exercícios dirigidos.



Num trabalho conjunto com a acadêmica de fisioterapia, Solange Rodrigues, a Fundação Hospitalar São Lourenço implementou, recentemente, o programa de ginástica laboral para os profissionais que atuam na entidade. A iniciativa faz parte do programa de ações da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e da direção do hospital. As sessões são realizadas sempre nas quartas-feiras, no início da manhã e a tarde.

 

Solange explica que se trata de uma série de exercícios físicos realizados no ambiente e horário de trabalho que visam melhorar a saúde e evitar lesões aos profissionais por esforço repetitivo. Ela conta que a atividade traz outros benefícios. Entre eles, cita, por exemplo, alívio do estresse, melhoria da postura, diminuição do sedentarismo e motivação. “Os estudos mostram ainda que a ginástica laboral colabora para a redução de faltas dos profissionais, aumento da produtividade, redução de quedas e maior integração da equipe”, observa a acadêmica.

 

De acordo com Solange, um dos objetivos é promover adaptações fisiológicas, físicas e psíquicas do grupo por meio de exercícios dirigidos. “A gente sabe que o ambiente de trabalho, por ser uma entidade hospitalar, é pesado. Aliado a isso, há as questões particulares de cada profissional. Então, a ideia é quebrar essa rotina, permitir a socialização entre o grupo e, é claro, evitar lesões ou doenças ocupacionais”, reforça.

 

Para a direção da Fundação Hospitalar, esse trabalho, além de garantir a melhoria da saúde dos profissionais, permite a integração entre os diversos setores e, consequentemente, um melhor atendimento dos pacientes. “Investir no profissional e investir no paciente. Alguns outros projetos já desenvolvidos nos mostra isso”, observa a direção.

 

 

Atividades

 

Sempre nas quartas-feiras, as sessões duram em torno de 15 minutos. As atividades são divididas em exercícios suaves de aquecimento, alongamento, postura e respiração. A médio e longo prazo, a prática melhora o clima organizacional, colabora para a redução do absenteísmo – prática ou costume de se ausentar de um local onde seria obrigatória sua presença –, melhora a adaptação ao posto de trabalho e o atendimento do cliente externo. 



Fonte: Ascom Fundação Hospitalar - Foto: Ascom
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.