• Leia mais notícias de ECONOMIA
Bovespa alcança 100 mil pontos pela 1ª vez, perde patamar, mas bate novo recorde
Adicionada: 18/03/2019
 



O Ibovespa terminou o dia em alta de 0,86%, a 99.993 pontos.



O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, a B3, fechou em alta nesta segunda-feira (18), dia em que alcançou a marca de 100.000 pontos pela primeira vez, favorecido por expectativas positivas sobre o andamento da reforma da Previdência, além do viés de alta nos ativos de risco no exterior. A bolsa não sustentou o patamar – mas, ainda assim, bateu novo recorde de fechamento.

 

O Ibovespa terminou o dia em alta de 0,86%, a 99.993 pontos. Às 14h44, o índice atingiu o patamar de 100 mil pontos. Na máxima do dia, foi a 100.038. No acumulado do ano, a bolsa sobe por volta de 13%.

 

 

Barreira histórica

 

"Isso marca a quebra de uma barreira histórica, mas, na nossa visão, é só o começo do que está por vir", afirmou à Reuters Karel Luketic, analista-chefe da XP Investimentos. Ele não descarta volatilidade, com alguma realização de lucros nos próximo meses, mas ressalta que o quadro estrutural é muito positivo.

 

Investidores veem a mudança no regime atual de Previdência do país como crucial para a melhora da situação fiscal brasileira, a fim de estabilizar o comportamento da dívida pública em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), que alcançava 76,7% em janeiro, o dado mais recente disponível.

 

Uma melhora nesse quadro teria efeito de queda na curva longa de juros do país, que é vista como uma das principais métricas para o investimento em ações.

 

"A marca dos 100 mil pontos é mais um passo na tendência altista do Ibovespa", afirma Daniel Gewehr, chefe de estratégia em renda variável para América Latina no Santander Brasil em São Paulo. "Nosso preço-alvo para o Ibovespa é ainda maior, de 115.000 pontos para o final de 2019."

 

Pela mediana de estimativas compiladas no mercado pela Reuters em fevereiro, o Ibovespa deve chegar a 120 mil pontos até o final do ano.



Fonte: Da Redação TiviNet - com informações do G1 - Foto: MicroStockHub/Getty Images
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.