• Leia mais notícias de TECNOLOGIA
Inventum 2019 unirá arte e tecnologia em edição da Bienal de Quadrinhos
Adicionada: 18/03/2019
 



Tratativas para viabilizar a realização da Bienal de Quadrinhos de Curitiba durante a Inventum 2019 estão em andamento. Coordenadores do evento estiveram em Pato Branco na semana passada, para conhecer a estrutura ofertada pela cidade



Na sexta-feira, dia 15, Pato Branco recebeu membros da equipe de coordenação de projetos da Bienal de Quadrinhos de Curitiba, um dos maiores eventos de histórias em quadrinhos do Brasil, que promove uma programação multissetorial e que permite a integração das mais variadas artes que transitam pelo universo das HQs. A ideia é elaborar um projeto para Pato Branco, para que a Bienal possa ser inserida na quarta edição da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação – Inventum 2019, que acontecerá de 08 a 13 de novembro.

 

Luciana Falcon explicou que a visita a Pato Branco oportunizou que a equipe conhecesse a cidade e, especialmente, a infraestrutura disponibilizada para realização da Inventum, o que norteará a elaboração do projeto da Bienal voltado à cidade. “Viemos fazer uma visita técnica nos espaços onde acontecerão a Inventum, para desenhar o projeto e definir de que forma poderemos participar com a programação da Bienal. Haverá uma série de atrações que acompanha o que fazemos em Curitiba, com palestras, debates, oficinas e exposições. Faz parte da nossa intenção descentralizar as ações da Bienal para o interior do Paraná, pois assim conseguimos identificar diversos artistas, o que é extramente importante e significativo”, disse.

 

Entre as atrações que devem fazer parte da Inventum 2019 está a Bienal Publica, uma seleção com trabalhos de artistas, desenhistas e quadrinistas que resulta em uma publicação da Bienal de Quadrinhos. De acordo com Greice Barros, a ideia é, principalmente, promover a difusão e o encontro entre artistas, além do registro de um material que possa ser divulgado e distribuído – o que, por ser um trabalho autoral, terá liberdade de criação e de manifestação.

 

“Queremos que a Bienal Publica se comunique com a Inventum, com Pato Branco e com a realidade da cidade, bem como da região. Afinal, projetos culturais têm que ter uma relação direta com a cidade em que são realizados. Por isso, estamos fazendo um mapeamento da cidade, do entorno e do público que participa da Inventum, para elaborarmos uma Bienal de Quadrinhos que tenha uma relação direta com o município”, destaca Greice.

 

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco, Géri Natalino Dutra, destaca que a cada nova edição da Inventum, a Prefeitura busca inovar e agregar novas atrações. “Queremos reunir a perspectiva artística, estimulando a leitura e a criatividade, considerando que os quadrinhos transitam por varias áreas do conhecimento. Dessa forma, a Bienal será mais um diferencial, reunindo pessoas de várias faixas etárias, inclusive a Rede Municipal de Educação, oportunizando que os participantes da Inventum possam criar e publicar as suas HQs, num diálogo com as características e com a história da nossa cidade”, enfatiza Géri.

 


A Bienal

 

Curitiba tem um papel importante na história recente dos quadrinhos brasileiros. Desde 2011, a capital paranaense sedia um dos maiores eventos do gênero no país, a GIBICON – Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba. Em 2016, a GIBICON passou a ser chamada de Bienal de Quadrinhos de Curitiba, com realização a cada dois anos.

 

“A Bienal de Quadrinhos é um evento que tem como principal característica lidar com a linguagem dos quadrinhos, HQs em geral. Com o passar do tempo e com o crescimento do evento, tanto de público quanto de atividades, passamos a conectar diferentes vertentes artísticas: artes plásticas, literatura, teatro, música, tudo isso sempre com os quadrinhos como protagonista”, pontua Fabrizio Andriani.

 

A programação da Bienal, que também deve ser desenvolvida na Inventum, tem como característica a diversidade de atrações. “É um evento que envolve prêmio de HQs, duelos de desenhistas de quadrinhos, exposições, performances artísticas, bate-papo, feira de quadrinhos e vários outros acontecimentos, sempre contemplando uma temática central. A última edição, em 2018, em Curitiba, foi Cidade em Quadrinhos”, completou Fabrizio.



Fonte: Ascom PM PB | Foto: Ascom PM PB
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.