• Leia mais notícias de ESPORTES
Agora é Sul-Americana: Chape precisa vencer para seguir na competição
Adicionada: 18/02/2019
 





Após empate com o Figueirense, Chape se prepara para encarar o Unión La Calera em jogo que vale vaga à 2ª fase da competição. Partida está marcada para às 21h30 desta terça-feira (19)

 

Depois de avançar para a próxima fase da Copa do Brasil, a Chapecoense tem outro jogo decisivo pela frente. Amanhã (19), o time encara o Unión La Calera pelo jogo de volta da Copa Sul-Americana. A partida está marcada para às 21h30, na Arena Condá em Chapecó.

 

Na partida de ida, no dia 5 de fevereiro no Chile, as equipes ficaram no empate em 0 a 0 e a decisão ficou para o confronto na casa da Chape.

 

De acordo com o regulamento da competição sul-americana – que tem em seus critérios de desempate o gol qualificado -  se o resultado for novamente o 0 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Já se houver empate com gols quem se classifica é o time chileno. Em caso de vitória simples, o vencedor avança para a próxima fase.

 

O técnico da Chapecoense, Claudinei Oliveira, falou sobre a decisão após o jogo do sábado (16) diante do Figueirense. Ele lembrou que foi o terceiro jogo seguido em que a equipe não toma gols.

 

“Também temos essa dificuldade em marcar, mas corrigimos bem nossa postura defensivamente, de uma maneira sólida e estamos trabalhando par evoluirmos ofensivamente também”, disse.

 

Oliveira pontuou ainda que o esquema usado no jogo diante do Figueira também foi um teste para a formação que será usada diante do La Calera. Segundo ele, houve dificuldade de a equipe entender a formação e que há tempo para corrigir.

 

“Vamos avaliar a melhor formação para terça, temos tempo para pensar. O importante é que a gente saia com a vitória”, destacou.

 

 

Poucos gols marcados

 

Das 10 partidas disputadas neste ano pela Chape – o time está invicto na temporada – em quatro delas o placar foi 0 a 0. Sobre isso, o técnico fala que é necessário aumentar o volume ofensivo da equipe.

 

“Temos que criar mais, mas é preciso lembrar que do outro lado há um adversário com sua organização tática. Mas o que ganha jogo é gol, se empatarmos o tempo inteiro não saímos do lugar”, disse.

 


Apoio do torcedor

 

O técnico falou ainda sobre a cobrança e as vaias feitas pela torcida à equipe, mas reforçou a importância do incentivo e pede o apoio do torcedor da Chapecoense para a decisão desta terça-feira.

 

“Precisamos vencer o jogo. Não vai ser fácil, temos que tirar a posse de bola deles, adiantar a marcação sem deixar lacunas, porque se sofrermos um gol temos que marcar dois. Por isso a gente conta mais uma vez com o apoio do torcedor”, finaliza. 



Fonte: Diário do Iguaçu | Foto: Chapecoense
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.