• Leia mais notícias de ESPORTES
Inter leva 2 a 0 do São José-POA e perde segunda seguida no Gauchão
Adicionada: 28/01/2019
 



O gol do São José abriu uma fase do jogo onde o Internacional não se achou



O Internacional perdeu de novo no Gauchão. Neste domingo (27), foi a vez do São José-POA vencer o time comandado por Odair Hellmann. Com três titulares, a formação fez jogo sem criatividade e sucumbiu ao calor e a um segundo tempo superior do time mandante. O placar de 2 a 0 no estádio Passo D'Areia também foi marcado pelas críticas ao gramado sintético.

 

Márcio Jonatan e Tássio fizeram os gols do São José-POA no segundo tempo. O Inter teve a estreia de Tréllez, entrando no segundo tempo, mas ficou longe de conseguir marcar.

 

Na próxima rodada os dois times jogam fora de casa. O Inter encara o Veranópolis e o São José visita o Pelotas. Ambas as partidas acontecem na quarta-feira (30), no estádio Antônio David Farina e Boca do Lobo, respectivamente.

 

A escalação do Inter contou com três titulares - Marcelo Lomba, Iago e Patrick. O desempenho foi bem diferente do último jogo, quando a equipe com força máxima perdeu para o Pelotas dentro do Beira-Rio.

 

 

Calor de 61 graus

 

O gramado sintético não só mudou o jogo tecnicamente, mas também pela sensação térmica. Em medição realizada pela RBS TV, o campo de jogo antes da bola rolar chegou a temperatura de 61,1 graus. A irrigação antes do apito inicial fez a marca cair para 40 graus, mas rapidamente o solo voltou a atingir calor excessivo. No intervalo, houve reclamação de atletas do Internacional.

 

"O campo é bom, mas o calor é desumano (...) Deve estar uns 60 graus no chão e queima o pé", disse Rafael Sobis.

 

 

Três paradas técnicas

 

A pedido do Internacional, a arbitragem autorizou duas paradas técnicas para hidratação. Aos 15 minutos, os jogadores foram até a beira do gramado tomar água. Rodrigo Lindoso foi o único a mergulhar os pés em uma bacia com água e gelo organizada pela comissão técnica. Aos 30 do primeiro tempo, o jogo parou de novo e a cena se repetiu. Dessa vez, apenas Rithely usou o balde. Na segunda etapa, houve parada aos 25 minutos.

 

 

Perigo apenas nas faltas

 

Com a bola rolando, o Inter foi quem mais ficou perto do gol adversário. O futebol, no entanto, não foi de encher os olhos. As melhores chances aconteceram em cobranças de falta. Do lado vermelho, Rafael Sobis obrigou Fabio a saltar para salvar. Pelo time da casa, Éverton Alemão cobrou bola parada rasteira e Marcelo Lomba chegou a tempo de desviar.

 

 

Golaço do São José

 

A segunda etapa foi de um time mandante mais disposto a arriscar. Os chutes em série terminaram em gol aos 9 minutos. Márcio Jonatan aproveitou corte parcial do Inter e acertou finalizacação de primeira. Um golaço.

 

 

Inter não se encontra

 

O gol do São José abriu uma fase do jogo onde o Internacional não se achou. Wellington Silva foi sacado para entrada de Tréllez, mas nem a estreia do atacante emprestado pelo São Paulo ajudou. O time colorado passou a errar na saída de bola e a defesa ficou exposta. Marcelo Lomba salvou chute rasteiro, em pelo menos mais duas oportunidades os donos da casa erraram na hora de concluir a jogada. Aos 36, Tássio não errou. De cabeça, ele ampliou o placar.



Fonte: Uol | Foto: Ricardo Duarte/Internacional/divulgação
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.