• Leia mais notícias de ECONOMIA E TRABALHO
Consumidor está otimista e empresário cauteloso para 2019 em SC, aponta pesquisa
Adicionada: 15/01/2019
 



Levantamento mostra que 82,7% dos catarinenses acreditam que este ano será melhor do que o anterior.



Levantamento mostra que 82,7% dos catarinenses acreditam que este ano será melhor do que o anterior, mas maioria dos empresários (64%) do Estado não irá realizar investimentos neste ano

 

A economia catarinense dá sinais de retomada mais consistente. Um dos indícios aparece na pesquisa da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio SC), que mostra um consumidor mais otimista, porém um empresário ainda cauteloso para 2019 em Santa Catarina. Os dados foram apurados com 2.109 consumidores e 402 empresários em Chapecó, Lages, Florianópolis, Criciúma, Joinville, Itajaí e Blumenau.

 

Dos consumidores entrevistados, 82,7% deles afirmaram que este ano será melhor do que o anterior. Número acima dos 55,6% do ano passado. A cidade mais otimista é Lages, onde 88,3% acreditam na melhoria. Já o cenário mais pessimista aparece em Florianópolis. Na Capital, 68% responderam que 2019 deve ser um ano melhor e 16,2% acreditam que situação irá piorar. Na média estadual, 6,6% dos catarinenses acreditam que será pior e  9,1% que afirmaram que a situação de 2019 permanecerá a mesma que em 2018.

 

Quanto à expectativa para o emprego, a maioria dos catarinenses (45%) afirmou que estão seguros e 19% afirmaram que estão muito seguros. Por outro lado, o percentual dos que afirmaram que estão inseguros é de 13%. Nas cidades, a maior segurança vem do município de Blumenau, com 34% dos entrevistados afirmando que estão muito seguro quanto a seu emprego. Já a maior insegurança vem do município de Itajaí e Florianópolis, onde 17% estão inseguros quanto a seus empregos. 

 

Boa parte dos consumidores catarinenses afirmou que tem como principal meta em 2019 economizar (34,7%), ou seja, colocar seus rendimentos em algum investimento rentável. Em seguida, 13,3% comprar um imóvel e 11,6% comprar um automóvel. 

 

 

 

Empresários não irão investir ou ampliar quadro de funcionários

 

Quanto aos empresários, a maioria deles avaliou o ano de 2018 como melhor do que o de 2017 (41,5%) para o sucesso de seu negócio. A maioria (48,8%) também tem uma boa expectativa para as vendas de 2019, seguido por aqueles que creem que as vendas serão ótimas (40,5%). 

 

Apesar disso, 65,2% dos empresários do comércio em Santa Catarina afirmaram que não pretendem expandir o quadro de funcionários. Mais da metade (64%) dos empresários do comércio catarinenses responderam que não pretendem realizar investimentos em 2019, enquanto que 13% pretende abrir novas lojas e 18% expandir o estabelecimento. 

 

Conforme a pesquisa, os empresários ainda mantêm uma postura ponderada.  Para o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt, o humor do mercado está diretamente ligado à nova agenda econômica do governo e medidas de longo prazo.

 

"Embora o país, especialmente Santa Catarina, já acumulem bons resultados desde 2018, o setor produtivo depende de reformas estruturantes, como a da Previdência e Tributária, para recuperar de vez o otimismo", analisa, em nota.




Fonte: NSC Notícias | Foto: Tiago Ghizoni / Diário Catarinense
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.